Manicure estragada nas férias?


Adoramos uma manicure vibrante para comemorar o sol e o calor, mas para garantir a durabilidade e a aparência impecável até à manutenção seguinte precisamos de cuidados extra nesta época do ano.


Proteger é fundamental


Proteger o dorso das mãos com protetor solar é imperativo, mas é importante entender que todos os componentes de cremes, óleos solares e repelentes, muito usados nesta época, contêm compostos químicos que ficando nas unhas promovem o levantamento e descoloração da manicure. É recomendado lavar ou limpar as unhas após a aplicação destes produtos.


Lavar e secar as mãos


Toalhitas ricas em água, hipoalergénicas sem perfume podem ajudar nessa tarefa se não for possível lavar as mãos.

Fazer castelos de areia, pode ser relaxante, mas além de riscar a manicure, também deixa gordura, sujidade e pode levantar o produto e criar ar entre a unha natural e o produto e permitir entrada de água e por consequência, fungos. Claro que deve divertir-se, mas limpar as mãos e secá-las bem é essencial.


Usar óleos de cutículas


O cloro das piscinas, o sal do mar e mesmo o Sol, tendem a desidratar a unha natural, por isso, é recomendado o uso de óleo de cutículas e aplicá-lo pelo menos, uma vez ao dia. Os óleos de cutículas são desenvolvidos para o efeito e vão promover a hidratação da unha natural desde a matriz. A aplicação deve ser feita na pele junto à cutícula e a falange média (entre a cutícula e a primeira dobra do dedo).


Evitar mãos imersas


É de evitar estar muito tempo com as mãos imersas na água. Sendo um composto da unha, a água aumenta densidade da placa ungueal “inchando-a” e irá alterar o seu estado natural e por consequência gerar levantamento dos produtos.

Para uma da placa ungueal saudável e ajudar na longevidade da manicure, deverá haver equilíbrio entre dois dos componentes das unhas, a água e o óleo.



2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo