Laranja: um fruto que faz (mesmo) bem à saúde

A origem da laranja localiza-se na Ásia, há mais de 4000 anos, mas hoje é já o citrino mais produzido no mundo e existem milhares de variedades. Em Portugal Continental, ocupa o segundo lugar, depois da maçã, na lista de fruto fresco com maior produção. Há quem diga que fomos nós, portugueses, que trouxemos este fruto para a Europa no século XVI. Nalguns países europeus, a laranja foi mesmo batizada com o nome de Portugal. É o caso da Turquia (portakal), Grécia (portokali) e Roménia (portocala). Mas laranjas há muitas e comer uma aqui em Portugal não é o mesmo que fazê-lo no país vizinho. A laranja do Algarve, famosa por ser doce e carnuda, é muito diferente da variedade que encontramos em Sevilha, mais ácida, a apenas alguns quilómetros de distância. Há para todos os gostos. Agora que já conhece algumas curiosidades sobre a laranja, vamos, então, conhecer os seus benefícios e como pode incluí-la no seu menu diário. Dose diária de vitamina C Falar de laranja é também falar de vitamina C. Sabia que comer uma laranja de tamanho médio é suficiente para consumir mais de 100% da dose diária recomendada? Basta descascar e comer. Esta vitamina, contribui, por exemplo, para: O funcionamento adequado do sistema imunitário, tão importante para as defesas do organismo; A proteção das células contra oxidações indesejáveis; A formação de colagénio (uma proteína essencial nos processos de cicatrização e necessária para os ossos, pele, cartilagens ou vasos sanguíneos); Aumentar a absorção de ferro (o que é especialmente revelante, por exemplo, numa alimentação vegetariana); O processo de produção de energia e redução do cansaço e da fadiga; O bom funcionamento do sistema nervoso e uma normal função psicológica. A laranja é ainda uma excelente fonte de fibra, um nutriente essencial para o bom funcionamento intestinal, e ácido fólico, uma vitamina que, entre outras funções, tem um papel importante durante a gravidez. Como incluir laranja na sua alimentação A laranja pode ser consumida fresca (ao natural) ou pode utilizá-la como ingrediente de inúmeras receitas, sejam elas sumos e batidos (já experimentou Compal Essencial de Laranja com a dose diária recomendada de vitamina C?), saladas, bolos, usar como tempero em pratos principais, a raspa em saladas ou até a sua casca para uma infusão com um toque cítrico. Para que se mantenha saborosa, evite guardá-la no frigorífico, preferindo antes um local fresco e seco.


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo