top of page

Dicas para se ver livre de fungos e bolores


Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), os níveis de humidade relativa no ar têm oscilado entre os 90% a 100% devido à chuva intensa que se fez sentir nas últimas semanas, mas também pelo facto de as temperaturas terem estado acima do que é habitual para os meses de dezembro e janeiro.


Sim, há mesmo um fenómeno atípico de humidade a afetar as casas portuguesas e a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor alerta que "em excesso, a humidade é desconfortável, além de favorecer a corrosão e outros danos nos materiais, sem falar do tão desagradável cheiro a mofo. A somar a tudo isto, a humidade pode ser prejudicial para a saúde, devido ao desenvolvimento de fungos e ácaros, que propiciam infeções respiratórias, alergias e asma em indivíduos sensíveis".

Quais os riscos para a saúde?

O excesso de humidade ambiental aumenta a possibilidade de contrair doenças do foro respiratório, como asma, sinusite, e infeções pulmonares, como a bronquite.

O frio e a humidade provocam um aumento das dores em pessoas com doenças reumáticas, e o bolor é um organismo microscópico que se reproduz e que pode provocar asma.

Segundo o médico David Barros Coelho, pneumologista no Centro Hospitalar Universitário São João e membro da Sociedade Portuguesa de Pneumologia, a humidade favorece a proliferação de fungos.

"Valores de humidade elevados criam condições de sobrevivência e proliferação ideais para certos microrganismos, incluindo os fungos. Quando crescem, podem originar os bolores, visíveis habitualmente junto a janelas, nas paredes ou nos locais da casa mais húmidos como a casa de banho e a cozinha".

Algumas sugestões para acabar com a humidade em sua casa

  1. Arejar a casa abrindo as janelas pelo menos durante meia hora por dia, mesmo que esteja a chover;

  2. Evitar aquários e peças/utensílios molhados, com água, permanentemente húmidos para dentro de casa;

  3. Evitar secar a roupa dentro de casa;

  4. Quando estiver a cozinhar, tape os tachos e panelas e ligue o exaustor;

  5. Durante o banho, feche a porta para que a humidade não circule pela casa;

  6. Evite utilizar tapetes ou alcatifas nos locais mais húmidos, como casas-de-banho, cozinhas ou caves;

  7. Deixe as portas dos roupeiros abertas para circular e mantenha algum espaço entre os cabides;

  8. Opte por um desumidificador nas divisões mais difíceis;

  9. Use radiadores sempre em paredes interiores;

  10. Proteja as paredes de sua casa com as soluções de limpeza, proteção, desinfeção e anti-condensação.

36 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page