top of page

Ortopedia de pés e tornozelos


Várias doenças podem afetar o pé e tornozelo, como por exemplo:


– Tendinite do tendão de Aquiles, bursite retro-calcaneana, esporão do calcâneo e fasceíte plantar


– Artrose de várias articulações do pé e do tornozelo


– Pé plano (pé chato) e pé cavo


– Instabilidade do tornozelo (entorses)


– Hallux valgus (joanetes), dedos em martelo, dedos em garra e neuroma de Morton


– Quistos sinovais


– Fraturas de vários ossos do pé e tornozelo


Perante um problema nesta área do organismo, é aconselhável procurar um ortopedista especialista em pé e tornozelo, pois este é o médico mais habilitado para diagnosticar a patologia e orientar o tratamento, seja ele cirúrgico ou não, por forma a minimizar a dor e o impacto nas atividades profissionais, desportivas e de lazer, recuperando tão rapidamente quanto possível a qualidade de vida do paciente.


O tratamento não cirúrgico pode variar entre repouso, adaptação das atividades do dia-a-dia, uso de ortóteses, prescrição de medicamentos e realização de fisioterapia/hidroterapia.


Noutros casos pode haver necessidade de cirurgia que pode ser executada de forma tradicional ou mediante técnicas menos invasivas. Algumas condições podem beneficiar de uma cirurgia artroscópica, na qual através de pequenas incisões são colocados dentro de uma articulação uma câmara e outros instrumentos médicos específicos, permitindo que o especialista examine o seu interior e faça o tratamento adequado. Este tipo de procedimentos diminui o tempo de recuperação do doente, reduzindo também a possibilidade de hemorragia ou infeções.


O ortopedista especialista em pé e tornozelo trabalha em conjunto com a Medicina Desportiva, fornecendo a atletas, profissionais ou amadores, programas de prevenção e recuperação adequados a cada tipo de situação.

38 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page