top of page

Na hora de comer, faça escolhas seguras


Os consumidores europeus estão entre os mais bem protegidos e informados do mundo no que respeita aos alimentos que consomem. O sistema de segurança alimentar da União Europeia (UE) assegura que cada cidadão europeu tenha o direito de saber como os alimentos que consome são produzidos, transformados, embalados, rotulados e vendidos.

Como parte deste sistema, cientistas de toda a UE analisam dados e estudos científicos para avaliar os riscos alimentares. Isto assegura que os produtos nos nossos mercados e nas nossas lojas sejam seguros.

Os consumidores europeus estão entre os mais bem protegidos e informados do mundo no que respeita aos alimentos que consomem. O sistema de segurança alimentar da União Europeia (UE) assegura que cada cidadão europeu tenha o direito de saber como os alimentos que consome são produzidos, transformados, embalados, rotulados e vendidos.


Como parte deste sistema, cientistas de toda a UE analisam dados e estudos científicos para avaliar os riscos alimentares. Isto assegura que os produtos nos nossos mercados e nas nossas lojas sejam seguros.

A campanha abrange muitos temas relacionados com a alimentação e, este ano, incidirá em sugestões que os consumidores podem seguir para garantir uma boa higiene alimentar em casa, como reduzir o desperdício alimentar e o que está a ser feito em toda a UE para combater as doenças de origem alimentar.


“A EFSA trabalha com a ASAE, enquanto seu Ponto Focal Nacional que articula com as demais autoridades responsáveis pela segurança alimentar, e, com cientistas de toda a Europa para garantir que os alimentos sejam seguros, saudáveis, de fácil acesso e sustentáveis. A campanha #EUChooseSafeFood estabelece a ligação entre a ciência no domínio da segurança alimentar e os alimentos que acabam nos nossos pratos, capacitando os consumidores para fazerem melhores escolhas alimentares. Estamos muito motivados por verificar que a campanha está a ganhar cada vez mais força, acrescentando parceiros a cada nova edição”, afirmou Filipa Melo de Vasconcelos, Subinspetora-Geral da ASAE.


E já agora, que regras de higiene alimentar devo seguir em casa?


Alimentos não seguros contendo bactérias, vírus, parasitas ou substâncias químicas prejudiciais podem causar mais de 200 doenças diferentes - desde diarreias a cancros, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Há algumas regras a seguir quando se trata de higiene alimentar em casa:


Mantenha tudo limpo


Lave as mãos antes de manusear os alimentos e durante a preparação dos mesmos

Lave as mãos depois de ir à casa de banho

Lave e higienize todas as superfícies e equipamentos utilizados para a preparação de alimentos

Proteja áreas de cozinha e alimentos contra insetos, pragas e outros animais


Separe Crus e Cozinhados


Separe carne crua, incluindo de aves, e produtos da pesca de outros alimentos

Utilize equipamento e utensílios diferentes, tais como facas e tábuas de corte, para preparar carne crua

Armazene os alimentos em recipientes fechados para evitar o contacto entre alimentos crus e cozinhados


Cozinhar completamente


Cozinhe bem os alimentos, especialmente carnes, ovos e mariscos

Ferva alimentos como sopas e guisados para se certificar de que atingiram os 70°C. Para carnes, certifique-se de que os sucos são claros e não cor-de-rosa. Idealmente, utilizar um termómetro de carne

Reaqueça completamente os alimentos cozinhados


Manter os alimentos a temperaturas seguras


Não deixe comida cozinhada à temperatura ambiente por mais de 2 horas

Refrigere rapidamente todos os alimentos cozinhados e perecíveis (de preferência abaixo de 5°C)

Mantenha os alimentos cozinhados quentes (mais de 60°C) antes de servir

Não armazene alimentos durante muito tempo, mesmo no frigorífico


Descongelar em segurança


Alguns alimentos são seguros para cozinhar a partir de congelados. Verifique as instruções de cozedura na embalagem.

A forma mais segura de descongelar alimentos congelados é no frigorífico.


Utilizar água potável e matérias-primas seguras


Use água potável ou trate-a para a tornar segura

Selecione alimentos frescos e saudáveis

Escolha alimentos processados por segurança, tais como leite pasteurizado

Lave frutas e vegetais, especialmente se consumidos crus

Não utilize os alimentos para além da sua data limite de consumo

23 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page