top of page

Máscara de batata caseira remove olheiras?


Uma máscara de batata caseira é promovida online como um tratamento eficaz para as olheiras. Várias publicações alegam que a batata tem diversos “benefícios”, podendo “remover manchas, rugas, entre outros”.


Em alguns posts das redes sociais, é destacado o efeito da vitamina C, presente na batata, como “antioxidante que ajuda a reduzir as olheiras por baixo dos olhos”.


Para obter este suposto benefício, os autores das publicações aconselham colocar “duas fatias de batata” na região dos olhos durante “20 minutos” ou fazer uma “máscara de batata” ralada e colocá-la na zona das olheiras. Há ainda quem recomende embeber compressas de algodão em “sumo de batata” e aplicá-la sobre as olheiras.


Mas é verdade que esta máscara de batata caseira remove as olheiras? Estes supostos são comprovados cientificamente? E há riscos associados à aplicação de batata na zona dos olhos?


Apesar de existirem alguns componentes de origem vegetal com efeitos benéficos para a pele, a aplicação de batata – seja em máscara ou em rodelas – diretamente na zona das olheiras não tem benefícios comprovados pela ciência. E pode até ser perigoso para a pele.


Em declarações ao Viral, Alexandre Catarino, dermatologista no Centro de Dermatologia de Lisboa, explica que “alguns componentes de alimentos, individualmente, podem apresentar resultados”, contudo, não se pode “extrapolar que o alimento que tem esses constituintes vá atuar na pele”.


Além da concentração dos componentes poder ser insuficiente para fazer efeito, as restantes substâncias presentes no alimento podem constituir um risco para a saúde da pele.


“As pessoas podem desenvolver reações alérgicas aos componentes da batata, quando em contacto com a pele”, prossegue o dermatologista. O dermatologista acrescenta que “podem também ocorrer efeitos irritativos, seja pela própria batata, pelos seus constituintes ou pela forma como foi preparada.”


Alexandre Catarino alerta que não é aconselhável “aplicar receitas caseiras na pele”. As substâncias presentes nestas receitas podem “não ser adequadas” ao tipo de pele da pessoa, levando a um agravamento do acne, da rosácea ou de doenças inflamatórias.


Leonor Girão, dermatologista na Clínica de Dermatologia do Areeiro e membro do Grupo Português de Dermatologia Cosmética e Estética da Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV), acrescenta que a batata, a par com a cebola e o alho, é um dos alimentos que frequentemente provoca alergias de contacto na pele – principalmente entre cozinheiros, que manuseiam estes alimentos diariamente.


“As alergias advêm do contacto continuado com estas substâncias. Nas pálpebras, que é uma das zonas do corpo onde a pele é mais fina, o risco de alergia é grande”, alerta a especialista.


Se a pele apresentar fissuras ou feridas, o risco de provocar alergia ou inflamações é maior. Além disso, a exposição prolongada a determinados componentes pode também causar queimaduras.


“Aplicar sumo de um fruto ou de um legume diretamente nas pálpebras nunca é uma boa ideia. É uma parte da pele que não tolera com tanta facilidade estes componentes”, acrescenta.


As olheiras são provocadas por múltiplos fatores como, por exemplo, fatores genéticos, envelhecimento, hábitos tabágicos e poucas horas de sono.


Um estilo de vida saudável, com um bom descanso noturno, poderá contribuir para reduzir a intensidade das olheiras. No entanto, quando as manchas escuras debaixo dos olhos são muito intensas poderá ser necessário avançar com tratamentos dermatológicos, pelo que, nesse caso, deverá procurar aconselhamento médico.


Em conclusão, não existe evidência científica de que a batata atue na remoção das olheiras. Além disso, este alimento poderá provocar alergias de contacto. Uma vez que a pele das pálpebras é mais fina do que a do resto do corpo, esta zona é também mais sensível a situações alérgicas ou a efeitos irritativos.

49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page