Dicas para uma casa mais fresca, mesmo no pico do verão



Simples gestos domésticos contribuem para baixar a temperatura em nossas casas chegado que é o calor do verão. Evitar lâmpadas incandescentes, arejar a casa ao fim do dia e o recurso a plantas, não apenas como elementos de decoração.


1- Feche portas, janelas e portadas


De modo a evitar a entrada da luz solar e do ar quente, as portas e janelas devem manter-se fechadas ao longo do dia (bem como as persianas, portadas ou cortinas), para se evitar o "efeito estufa" tão comum no tempo mais quente.


2- Areje a casa no fim do dia


As janelas e portas mantiveram-se fechadas ao longo de todo o dia, mas sabemos o quão importante é arejar-se diariamente a nossa casa – no entanto, isso deve ser feito no final da tarde, quando as temperaturas baixam. Nessa altura, aproveite para abrir as janelas e deixar entrar aquela brisa de verão que não só vai arejar a casa como eventualmente ajudar a um equilíbrio térmico (que pode ainda tornar as habituais noites quentes mais suportáveis).


3- Evite lâmpadas incandescentes


Para além de consumirem mais energia, as lâmpadas incandescentes emitem mais calor, pelo que o ideal é que as troque por lâmpadas LED, que são mais económicas e que vão ajudar a manter a casa mais fresca.


4- Prefira tecidos mais leves


Se costuma ter a casa decorada com tecidos mais pesados (como cortinas, mantas e tapetes) que, no inverno, ajudam a aquecer as divisões e a torná-las mais quentes e acolhedoras, é importante atualizá-los quando chega o verão – e isso passa por substituí-los por tecidos mais leves a naturais. Assim, o ideal é retirar tapetes ou usar outros compostos por palha, corda ou fibras de algodão, e trocar as cortinas pesadas por alternativas de linho ou algodão. Para além disso, deve dar-se preferência a têxteis de cores claras ou neutras, que refletem o calor em vez de absorvê-lo.


5- Use e abuse das plantas


As plantas ajudam a manter a humidade dos ambientes, criando uma sensação mais fresca e agradável, sem grandes oscilações de temperatura durante o dia. Pode ainda optar-se por colocar plantas em janelas e varandas, funcionando como uma barreira à entrada da luz solar em casa.


6- Dê menos uso ao forno


Os assados são muito saborosos e aconchegantes, mas o uso do forno leva a uma distribuição intensa de calor por toda a casa. Por isso, nos dias mais quentes deve evitar-se uma utilização excessiva do forno, preferindo-se refeições que sejam rapidamente preparadas no fogão.


7- Dê nova vida às paredes


A sua casa já pede uma pintura das paredes interiores? Então, aproveite o verão para as fazer (até porque nos dias quentes o processo de secagem é muito rápido) – no entanto, lembre-se de preferir cores claras e neutras, que absorvem menos luz e tornam os ambientes mais frescos.


8- Desligue os eletrodomésticos


Muitos aparelhos elétricos libertam calor mesmo quando estão desligados ou em stand-by. Assim, lembre-se de tirar da tomada as fichas de aparelhos que não estejam a ser utilizados – o que, para além de diminuir o calor em casa, ainda ajuda a economizar energia.


9- Humedeça as divisões


Para humedecer divisões especialmente quentes, há dois truques que não falham: colocar recipientes cheios de água fresca na casa (podendo ficar escondidos debaixo de sofás ou camas) ou coloque uma garrafa de água gelada em frente a uma ventoinha ligada. Parecem ‘tradicionais mezinhas’, mas estes simples segredos ajudam mesmo a manter a casa mais fresca.


10- Verifique o isolamento


Portas e janelas mal vedadas são um convite para o tal "forno" que queremos evitar no pico do verão. Por isso, verifique o isolamento destes focos de entrada de sol e ar (e, caso detete portas ou janelas com mau isolamento, pode resolver a situação com fitas isoladoras que encontra a baixo custo nas mais conhecidas lojas de bricolage).

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo